Assembleia de Deus Ministério Belém
PORTAL LARANJEIRAS CAIEIRAS – SP

Rua Luiz Gonzaga Dartora n° 805
Bairro: Laranjeiras - Caieiras
Cultos:

Terças: 19:30h-21:00h / Quintas: 19:30h-21:00h

Domingos: 18:00h-20:00h

Páginas

Bandeira e Brasão retratam um pouco da história

        A bandeira da cidade é composta de sete peças e no centro do retângulo azul o brasão do
 município sobre o círculo raiado. O Brasão foi instituído a partir da Lei 326, de 9 de agosto
 de 1965, sendo a nova redação feita através do número 158, de 13 de julho de 1962.
      


Na descrição, feita por Olindo Dártora, a bandeira possui o escudo
 português para que seja lembrada a nossa tradição lusa; nos campos
 do brasão, o azul representa o saber, a lealdade, a beleza e a grandeza
 das ações – atributos do povo caieirense. O amarelo-canário se relaciona
 ao sol com os seus raios brilhantes e plenos de energia. Já o vermelho
 representa o vigor e o altaneirismo desse povo. As quatro estrelas em
 prata simbolizam a homenagem do povo de Caieiras à Terra de Piratininga
 (São Paulo), em decorrência de seu quarto centenário, em 1954 – década
 em que surgiu o município.







Outros elementos: Uma engrenagem, um livro aberto e um pinheiro representam a indústria do papel que possibilitou
 a emancipação política do povo. A figura geométrica que dá apoio à engrenagem, ao livro e ao pinheiro simboliza a
 fecundidade da terra e a esperança do caieirense. O forno retrata os primeiros movimentos históricos, dando início ao
 povoado que mais tarde culminaria na cidade que temos. A fumaça do forno em prata simboliza o trabalho incessante,
de onde nascem a pureza e a vitória dos ideais populares. Os suportes, duas criptomérias japônicas, simétricas, um à
direita e outro à esquerda do escudo representam a prodigalidade dessas plantas, já que Caieiras figura como um dos
 municípios mais florestados do Estado.




Quanto aos dizeres em latim, se voltam para a origem latina. Está em ouro para representar a riqueza dos ideais caieirenses.
“Urbis Pinetorum” – a Cidade dos Pinheirais. Um dos responsáveis pela emancipação de Caieiras, foi Olindo Dártora quem criou
 essa inscrição. Por fim, a data, 14 de Dezembro de 1958, em homenagem ao dia da emancipação política-administrativa
do município.


A bandeira caieirense foi criada por Nelson Antonio de Gasperi. Nascido em Valinhos em 12/09/1933, filho de Henrique
De Gasperie Thereza Castellani De Gasperi, irmão de Celso De Gasperi, Neissi De Gasperi e Maria Tereza
 De Gasperi. Residiu em Caieiras de 1938 a 1965. Formado em Técnico Químico e em vários cursos
profissionalizantes na Faculdade Osvaldo Cruz.


Trabalhou durante quatorze anos na Prefeitura do Município de Caieiras como secretário do Prefeito
 Gino Dártora e do Padre José César de Oliveira. Nessa época, 1962, fez o Brasão de Caieiras, no qual,
consta em latim, a intitulação de Cidade dos Pinheirais também dada pelo criador do Brasão. Em 1974,
 fez a Bandeira do Município a pedido do Padre José.
 Ao participar em concurso promovido na cidade de Caieiras teve vitória unânime.


Continuou sua vida profissional no ramo de papel, exercendo funções de fabricante e assistente técnico de produção,
sempre em cargos de chefia e gerenciamento. Morou dois meses no México, 1975, para fazer curso técnico de máquinas
de alta velocidade para produção de papel.


Residiu em Mogi das Cruzes, casado com Niulze Ribeiro de Gaspero, filhos Neuzi Cristina Ribeiro de Gaspero (falecida),
Nídia Cristina Ribeiro De Gaspero, Nívia Maria Ribeiro de Gaspero e Nelson Ribeiro de Gaspero. Nelson faleceu em
13 de agosto de 2010 e deixou familiares e amigos saudosos.


Hino de Caieiras - Letra


Município de Caieiras
Terra abençoada
Em teu progresso sempre crescente
És o orgulho dos filhos teus

Aqui construímos nossos lares
Sob teu belo céu azul
Onde nas noites enluaradas
Brilha o Cruzeiro do Sul


Cidade dos Pinheirais
De povo nobre e varonil
Em tuas indústrias todos labutam
Por nosso amado Brasil

Nossa historia é vibrante
O passado glória nos traz
Temos orgulho da liberdade
Que soubemos conquistar


Juventude Caieirense
Estuda sempre sem parar
Prepara-te com dedicação
Para esta terra comandar

Lado a lado lutaremos
Com muita esperança e fé
Para tornar nossa Caieiras
Mais amada do que já o é

Gente de todas as partes
Em Caieiras vem buscar
Trabalho, sossego, carinho
E tudo podemos lhe dar

Porque nossa terra querida
Não tem portas para cerrar
A todo aquele que busca
Em Caieiras construir seu lar